Michael Jackson volta como holograma e arrasa em apresentação [vídeo]

Ressuscitar artistas que não estão mais entre nós com o uso da holografia já não é novidade na música (nem mesmo no Brasil, mas cada nova apresentação evidencia o quanto essa técnica tem qualidade e é capaz de enganar até os fãs mais fiéis. O homenageado da vez foi Michael Jackson, que cantou durante a edição deste ano do Billboard Music Awards, transmitido ao mundo todo neste domingo (18 de maio ).

Falecido em 2009 por supostamente abusar de um coquetel de medicamentos, o Michael Jackson recriado digitalmente cantou “Slave to the Rhythm, música que faz parte de seu mais novo álbum póstumo, “XSCAPE”, lançado na semana passada.

Com os gritos clássicos, passos de dança fluidos e que parecem impossíveis (até um moonwalk!), o holograma começou sentado em um trono de ouro antes de iniciar a coreografia, junto com dançarinos vestidos como alienígenas — alguns deles provavelmente hologramas também. Artistas que estavam na plateia não seguraram as lágrimas e entraram no ritmo da canção ao rever o “rei do pop” no palco, assim como provavelmente muitos dos fãs que acompanharam a performance de casa.

Você até pode procurar um vídeo da apresentação em boa qualidade, mas não está nada fácil: o YouTube está tirando todas as cópias de transmissões do ar por conta de direitos autorais, mas novas versões não param de pipocar no site de vídeos. O trecho que você confere acima ao menos prova que, digitalmente, Michael Jackson realmente não morreu.

Fonte: TECMUNDO

avatarAdrianaFlower7

Anúncios

Michael Jackson fez um pedido antes de morrer: “Lembrem-se que eu sou o melhor”

phpThumb_generated_thumbnailjpg

Michael Jackson está de volta aos noticiários musicais por conta do segundo álbum póstumo, “Xscape”, produzido por um time de produtores como LA Reid, Timbaland e Justin Timberlake. LA Reid esteve no “Today Show” na última terça, 13, e falou sobre um desejo do Rei do Pop.

“Michael Jackson tocou no meu ombro e disse ‘Você me faria um pequeno favor e lembraria às pessoas que eu sou o melhor?’”, revelou. Os dois estavam trabalhando juntos na demo de “Slave to the Rhythm”, gravada em 1991, e que faz parte do álbum póstumo.

LA Reid explicou que o disco não traz nenhuma música que MJ não quisesse que o mundo escutasse. Timbaland também estava no programa e contou como recebeu o convite para o projeto. “LA me ligou e disse que eu era a pessoa perfeita. No início, estava tipo ‘Yeah!’. Mas você está trabalhando em algo de alguém que não está aqui, então foi meio difícil pra mim.”

“Xscape” chegou ao mercado oficialmente na última terça, 13, e já aparece no primeiro lugar do iTunes de cerca de 54 países, entre eles Reino Unido e Brasil. Nos Estados Unidos, o CD deve estrear no topo da Billboard 200, a principal parada de discos de lá.  

Fonte: Mundo Pop, e  

avatarAdrianaFlower7

 

Ele cresceu! Filho de Michael Jackson passeia com namorada

Prince Jackson I, de 17 anos, é filho mais velho do cantor com Debbie Rowe.

xpo_pjbaheldwgnb140514_29

Prince Jackson I com a namorada (Foto: Grosby Group/Agência)

Prince Jackson I, filho mais velho de Michael Jackson, passeou com a namorada, Nikita Bess, em Beverly Hills, na Califórnia e chamou atenção. Ele, que está com 17 anos, mostrou que cresceu e apareceu mais fortinho ao usar uma regata para caminhar pelas ruas de Los Angeles.
O menino tem ganhado músculos ao praticar Jiu-Jitsu. Prince, inclusive, estava com uma camisa da academia Gracie, da família Gracie, responsável pelo desenvolvimento do estilo de arte marcial brasileira pelo mundo.

Fonte: 

avatarAdrianaFlower7

JUSTIN TIMBERLAKE CONFESSA TER OPTADO POR UMA CARREIRA A SOLO A CONSELHO DE MICHAEL JACKSON

Justin Timberlake enveredou por uma carreira a solo, a conselho de Michael Jackson.

jt

O cantor, atualmente com 33 anos de idade, não tencionava deixar os ‘N Sync e lançar-se a solo, até ter falado com o rei da Pop.

Segundo explicou numa entrevista com Oprah, na origem da conversa com Michael Jackson esteve um tema composto por Timberlake para o artista, que acabou por fazer parte da discografia dos ‘N Sync.

“Era uma daquelas músicas que sentia ser um pouco mais pessoal, pois tinha-a escrito para o maior artista de todos os tempos”, começou por contar o intérprete de Mirrors, que continuou: “Eu acho que o Michael Jackson a ouviu e ligou-me a dizer que queria ficar com ela, mas ele queria transformá-la num dueto entre nós. E eu disse: ‘Bem, a faixa já foi editada, como uma tema dos ‘N Sync… Podemos fazer algo como ‘N Sync com colaboração de Michael Jackson ou Michael Jackson com colaboração dos ‘N Sync?’. Mas ele foi muito claro, ele queria que fosse um dueto entre ele e mim”.

Justin Timberlake concluiu: “Eu acho que aí surgiu a primeira ideia em fazer algo por conta própria, pois foi a primeira vez que senti, na verdade, confiança para o fazer”.

Fonte: palcoprincipal

 

avatarAdrianaFlower7

 

O tema ‘Love Never Felt So Good’ apresenta o álbum ‘XSCAPE’, que reúne canções inéditas do “rei da pop”

 

O disco reúne oito temas inéditos de Michael Jackson que foram agora trabalhados por mediáticos produtores norte-americanos, como Timbaland, Rodney Jerkins, Jerome ‘J-Roc’ Harmon, Stargate e John McClain.

XSCAPE  foi lançado no dia 12, segunda-feira, em dois formatos. A edição “standard” conta somente com os oito temas inéditos, enquanto que a versão “deluxe” contará com essas mesmas canções, mas nas suas gravações originais, sem a abordagem dos produtores recrutados, bem como uma versão dosingle Love Never Felt So Good em dueto com Justin Timberlake (que a 1 de junho se estreia no Rock in Rio-Lisboa).

O tema que dá título a este disco é a único que foi retrabalhado pelo mesmo produtor, John McClain, que, originalmente, gravou a canção em estúdio com o cantor.

Em comunicado enviado à imprensa pela editora Sony Music, John Branca e John McClain, co-executores do legado de Michael Jackson, afirmaram: “Michael estava sempre na vanguarda e sempre em contacto com novos produtores, à procura de novas sonoridades. Era sempre relevante e actual. Estes temas, de várias formas, captam esse espírito. Agradecemos a L.A. Reid [CEO da Epic Records e curador deste projeto] pela sua visão.”

Fonte: 

avatarAdrianaFlower7

Médico condenado por morte de Michael Jackson perde novo recurso

Advogado pediu revogação, alegando que a mídia influenciou o júri.
Suprema Corte da Califórnia nem avaliou mérito, rejeitando-o em princípio.

murray300x250

A Suprema Corte da Califórnia rejeitou na quarta-feira (23) o recurso apresentado pelo médico Conrad Murray, condenado pelo homicídio culposo do cantor Michael Jackson. Murray foi libertado em outubro, após cumprir dois anos de prisão em Los Angeles, e agora deseja limpar seu nome.

Seu advogado havia solicitado à corte que revogasse a condenação de 2011, alegando que a intensa cobertura midiática do caso pode ter influenciado o júri.

Valerie Mass, advogada do cardiologista, disse que ele agora provavelmente recorrerá a um tribunal federal. A Suprema Corte da Califórnia não chegou nem a avaliar o mérito do recurso, rejeitando-o em princípio.

Contratado para acompanhar Michael Jackson numa temporada de ensaios, Murray administrou a dose de analgésicos que acabou por matar o artista, em 2009, aos 50 anos.

Fonte: G1

avatarAdrianaFlower7

Se estivesse vivo, Michael Jackson teria garagem cheia de carrões

‘Rei do Pop’ adorava limusines e personalizou quase todos os seus carros

 

Michael Jackson — morto em 25 de junho de 2009, mas dito como vivo por um fã na última semana — nunca foi exatamente louco por carros. O “Rei do Pop” costumava sentar-se mais no banco traseiro de suas limusines que à frente do volante. Ainda assim, a lista dos carrões do astro era extensa e variada.

Ao todo, Michael Jackson possuía ao menos quatro limusines. Uma delas é o Rolls-Royce Silver Seraph de 1999, que seria um de seus modelos favoritos, por ter sido totalmente customizado pelo cantor. O astro da música pop mandou cobrir boa parte da cabine com ouro 24 quilates e os detalhes foram desenhados por ele mesmo.

Também muito utilizada por Michael Jackson, outra limusine baseada em um Rolls-Royce Silver Spur II de 1990 segue o padrão de alto luxo do astro, com bancos cobertos em couro branco, tevê, bebidas, sistema de som, telefone e vários outros itens de conforto. Tudo isso com um poderoso motor 6.75 litros V8 a gasolina.

A terceira limusine favorita de Michael Jackson era o Lincoln Town Car branco de 1988, modelo muito usado pelo cantor para ir a eventos sociais e até shows em turnês. Esta tem o interior coberto com couro cinza e madeira nobre.

Em 1987, Michael Jackson apareceu em um comercial da Pepsi pilotando uma Ferrari Testarossa conversível de 1986. O superesportivo, claro, ficou famoso e, em janeiro deste ano, foi leiloado por 54 mil Euros (R$ 168 mil).

Michael Jackson ficou famoso ao longo de sua carreira tanto pelas músicas quanto pelas polêmicas. Solitário e tido como depressivo, o astro mandou construir um parque de diversões só para ele, amigos e familiares se divertirem. A propriedade, chamada de Neverland (Rancho Terra do Nunca) também inspirou e recebeu carros

Lindas!

132855_ext_arquivo

132856_ext_arquivo

132857_ext_arquivo

132858_ext_arquivo

Fonte: Tribuna Hoje

avatarAdrianaFlower7